O Planejamento Sucessório e o Negócio de Franchising

Sobre o tema gravei uma curta entrevista destacando as questões mais importantes na visão do Judiciário. Assista.

4 comentários em “O Planejamento Sucessório e o Negócio de Franchising”

  1. Excelente professor.
    Não é incomum que nos próprios contratos de franquia – em que o franqueador é quem possui a maior parte dos direitos – existam inúmeras cláusulas que, para o nosso direito, são nulas, dando excessivos direitos aos franqueadores e excessivos deveres aos franqueados.

    1. Roberto, você tem razão. A parte mais forte no negócio sempre impõe as suas condições. Mas os abusos podem ser contidos pela boa-fé das partes, uma boa atuação do advogado e pelas decisões da Justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s